Rotas do Caminho de Santiago

O Caminho de Santiago é formado por um conjunto de rotas situadas na Europa. Existem inúmeras possibilidades, muitas rotas de peregrinação que vão até Santiago de Compostela. Aqui neste mapa, lhe apresento alguns exemplos (clique na imagem para ampliar):

 

Planeje - Antes do Caminho de Santiago
Qual Rota fazer?
CAMINHO FRANCÊS

Rotas Populares

É a rota mais popular e com mais estrutura para receber os caminhantes. Em termos gerais, quando as pessoas falam sobre o Caminho de Santiago, estão se referindo a esta rota.

 

Início clássico: Saint-Jean-Pied-de-Port (França)

 

Início alternativo: Roncesvalles (Espanha) - entre Sain-Jean e Roncesvalles, existe a Serra do Pirineus, uma exuberante cadeia de montanhas entre a França e a Espanha. Por ser um trajeto bastante exigente fisicamente (e não recomendado em caso de mau tempo), muitos peregrinos decidem começar em Roncesvalles.

 

Distância até Santiago de Compostela: 800 km

 

Média de dias de caminhada: entre 28 e 35 dias (ver a página ‘Em quantos dias se faz o Caminho’)

 

Principais (maiores e/ou mais conhecidas) cidades do Caminho: Pamplona, Logroño, Burgos, León, Ponferrada, Santiago de Compostela.

 

Estrutura: excelente. Grande oferta de albergues e locais para comer. Além disso, é uma rota muito bem sinalizada.

 

Quantidade de pessoas/ano:

Em 2012, mais de 190 mil pessoas chegaram à Santiago de Compostela; em 2013, foram mais de 215 mil. Mais de 70% destes peregrinos fizeram o Caminho Francês, ou seja, é bastante gente. A concentração é maior nos meses de verão (junho a agosto), principalmente nos últimos 100 km da rota.

Neste período, talvez seja difícil encontrar vagas em alguns albergues, pois além de existirem muitas pessoas caminhando, algumas já reservam os albergues com antecedência. Você não precisa necessariamente fazer reservas (falarei mais adiante sobre isso em ‘onde dormir’). Esteja consciente do risco e, se ao longo do Caminho isso se tornar um problema, você poderá reservar os albergues durante o próprio Caminho (assim você já conhecerá também o seu ritmo de caminhada - quantos quilômetros em média você caminha por dia). Mantenha a calma e seja flexível para parar de caminhar um pouco mais cedo nesta época ou para ir até a próxima cidade caso necessário. Nos outros meses do ano, existem menos pessoas caminhando e normalmente sobram vagas nos albergues.

CAMINHO DO NORTE

Caminho que acompanha a costa norte da Espanha e encontra o Caminho Francês na cidade de Arzúa. Menos popular e com menos estrutura do que o último, mas também bastante utilizado. É um pouco mais longo que o Francês e possui mais trechos de subida e descida, ou seja, exige um pouco mais fisicamente.

 

Início clássico: Irún (Espanha)

 

Início alternativo: Hendaye (na França, ao lado de Irún)

 

Distância até Santiago de Compostela: 850 km

 

Média de dias de caminhada: entre 30 e 38 dias (ver a página ‘Em quantos dias se faz o Camihno’).

 

Principais (maiores e/ou mais conhecidas) cidades do Caminho: Irún, San Sebastián, Bilbao, Santander e Gijón

 

Estrutura: boa, mas não tanto quanto o Caminho Francês. Bem marcada e com albergues, mas fique atento, pois às vezes as distâncias entre eles podem ser maiores (às vezes mais de 30 km). Além disso, muitos albergues fecham fora da temporada (mais ou menos entre outubro e março).

 

Quantidade de pessoas/ano: É a terceira rota mais utilizada. Apesar disso, são apenas 6% do total de peregrinos que a percorrem. É bem mais vazia que o Caminho Francês, sendo uma boa opção para quem quer caminhar a maior parte do tempo sozinho e/ou quer ter algum contato com o mar.

CAMINHO PORTUGUÊS

Caminho que começa em Portugal e vai até Santiago de Compostela. Depois do Caminho Francês, esta é a segunda rota mais popular. É uma das rotas mais planas, uma boa opção para quem quer evitar trechos com fortes subidas e descidas. Por ser mais curta, permite que o peregrino faça a rota completa em menos tempo.

 

Início clássico: Porto (Portugal)

 

Início alternativo: Lisboa (Portugal – rota aumenta para 600 km/~25 dias)

 

Início alternativo 2: Tui (Espanha, fronteira Portugal – rota diminui para 120 km/~6 dias)

 

Distância até Santiago de Compostela: 230 km

 

Média de dias de caminhada: 7 a 11 dias

 

Estrutura: boa. Bem sinalizada e com disponibilidade de albergues. A partir de Tui existem marcos de concreto, indicando a distância até Santiago de Compostela.  Entre Lisboa e Porto, não há albergues para peregrinos como os que existem na Espanha. As pessoas dormem nos Bombeiros Voluntários, em Pousadas da Juventude ou em Casas Paroquiais.

 

Quantidade de pessoas: segunda rota mais percorrida, recebendo todos os anos em torno de 13% do total de pessoas que fazem o Caminho.

 

Aqui neste link, tem um guia bem completo sobre o Caminho Português, elaborado pela Asociación Galega de Amigos do Camiño de Santiago, e que pode ser baixado gratuitamente em português.

 

CAMINHO FINISTERRA - MUXÍA

Finisterre ou Finisterra significa ‘fim da terra / fim do mundo’ em latim. Por se o ponto mais a leste da Europa, era considerado antigamente como o fim do mundo. Depois de chegar em Santiago de Compostela, vários peregrinos continuam suas jornadas até Finisterre e/ou Muxía, cidades localizadas na costa.  

 

Alguns peregrinos, ao chegarem ao Farol de Finisterra, queimam alguns de seus pertences (roupas, calçado, ou algo significativo), como forma de desapego, purificação e renovação.

 

Se você não tiver mais tempo ou vontade de caminhar, você pode ir de ônibus até Finisterra e fazer uma pequena caminhada até o Farol. A sensação de terminar a peregrinação no mar é indescritível, traz muita leveza e uma sensação de ‘fim’, pois literalmente você pode mais seguir caminhando na direção leste. Então vale a pena ir até o Farol e, se possível, contemplar o pôr-do-sol no local.

 

Algumas pessoas caminham somente até Finisterra, outros seguem de lá para Muxía (ou vice-versa) e outros ainda fazem o trajeto de ida e volta: Santiago - Finisterra - Muxía - Santiago.

 

Início clássico: Santiago de Compostela (Espanha)

 

Distância Santiago - Finisterra: 90 km

Média de dias de caminhada: 3 a 4 dias

 

Distância Santiago-Finisterra-Muxía: 120 km

Média de dias de caminhada: 4 a 7 dias

De Muxía/Finisterra você pode, ainda, voltar caminhando até Santiago de Compostela (mais uns 90 km).

 

Estrutura: boa. Bem sinalizada e com disponibilidade de albergues.

 

Quantidade de pessoas: bem baixa, quando comparada com as outras rotas. Apesar de ser um Caminho muito bonito, não é muito popular (menos de 1% dos peregrinos o percorrem).

 

Para ter acesso a outras estatísticas interessantes sobre o Caminho de Santiago (nacionalidades, locais mais populares de início, profissão, sexo e idade dos peregrinos), clique aqui e acesse o site da Oficina de Acogida al Peregrino.

 

Se você quer ver qual rota eu fiz e como tomei a minha decisão, olhe a postagem 'Escolha da Rota - a Peregrinação antes da Peregrinação' aqui no Blog.

As rotas podem ser feitas de acordo com a sua preferência e disponibilidade, você começa e termina aonde quiser. Não há um ponto de partida único, apenas alguns inícios que chamo de “clássicos”, convencionados, aquela cidade onde a maioria dos peregrinos começa a caminhar.

 

Os peregrinos que percorrem pelo menos 100 km a pé ou 200 km de bicicleta têm direito a ganhar a Compostela, um certificado dizendo que você fez o Caminho de Santiago.

 

A rota mais popular e com mais estrutura para receber os caminhantes é o Caminho Francês. O início clássico é em Saint-Jean-Pied-de-Port, na França. São quase 800 km até Santiago de Compostela, que podem ser percorridos em pouco mais de 30 dias.