Número de Dias

O tempo de duração quem determina é você, conforme a sua disponibilidade e vontade. Você pode caminhar mais de cinco semanas ou menos de uma. Isso vai depender de dois fatores:

 

- Qual rota você quer fazer?

- Qual trecho desta rota você quer percorrer?

 

Não existem regras. Algumas rotas possuem um início bem demarcado, conhecido ou 'clássico', mais por uma convenção, porque muita gente começa a rota naquele ponto. Por outro lado, existem pessoas que fecham a porta da sua casa na Alemanha, por exemplo, e começam a caminhar. Não existem limites. 

 

Muita gente caminha só os últimos 100 km, por exemplo. Já outras pessoas dividem o Caminho completo em quatro ou cinco etapas e, a cada ano, caminham um trecho de uma semana. Também é possível pular alguns trechos e fazer parte do trajeto de ônibus ou de taxi. Essa é uma boa opção para aqueles que não têm condições físicas de caminhar o tempo inteiro, por exemplo.

 

Você escolhe!

 

A quantidade de quilômetros caminhados por dia também é algo muito pessoal e vai depender do seu condicionamento físico e ritmo de caminhada. É difícil definir uma média. Calcule sempre alguns dias a mais para poder fazer o Caminho com calma e parar um dia a mais em alguma cidade que você gostar ou caso seja necessário fazer uma pausa.

Ser obrigado a andar muito ou mais rápido que o seu ritmo normal pode se tornar estressante, cansativo e muito chato. Além disso, se sobrar alguns dias você pode conhecer outras cidades na Espanha ou caminhar um trecho de outra rota.

 

Vou utilizar aqui o meu exemplo para lhe dar uma noção (sou mulher, 26 anos na época, relativamente em forma, mas sem fazer uma preparação para o Caminho): considerei uma média de 23 km por dia para o Caminho Francês (800 km). Fiz o Caminho tranqüila e no meu ritmo. Em geral, nos dias com mais subidas e descidas eu caminhava menos (uns 20 km) e nos dias mais planos, mais (30 e poucos km). No final, sobraram três dias, que usei para fazer o Caminho até Finisterra.

 

Apesar de algumas pessoas entrarem em um espírito competitivo, o Caminho de Santiago não é uma competição. Ninguém ganha nada por caminhar mais rápido, fazer 40 km por dia e terminar em menos tempo, pelo contrário. Conheci pessoas que estavam fazendo o Caminho pela segunda vez, justamente por terem entrado nessa ‘loucura’ na primeira. O único desafio é contra a gente mesmo e tudo o que a gente vivencia é um reflexo da nossa vida e daquilo que temos dentro da gente.

 

Então fique atento, observe-se, relaxe e não se preocupe com o quanto as outras pessoas estão caminhando.

Planeje - Antes do Caminho de Santiago
Quanto tempo dura o Caminho de Santiago?